Samar Fadel Azanki Abreu - Doctoralia.com.br

Consultar o Fonoaudiólogo? Quando os pais devem levar seus filhos?

Consultar um Fonoaudiólogo

Consultar o fonoaudiólogo? Quando seus filhos devem consultar com o Fonoaudiólogo? Sempre que perceberem alterações na fala logo nos primeiros dois anos de vida, em situações de atraso de fala. Observe bem como seu filho(a) se expressa, caso haja alguma irregularidade, procure imediatamente o profissional da área.

Dicas para saber em que momento procurar um fonoaudiólogo.

O estudo da fonoaudiologia é muito amplo, e vai muito além da fala. Esta área faz uma avaliação de todos os elementos da comunicação humana, e qualquer alteração deve ser observada de perto e tratada o quanto antes. Os fonoaudiólogos especialistas em linguagem atuam nas seguintes alterações:

  • Atraso na fala;
  • Transtorno de desenvolvimento de linguagem;
  • Transtorno do Espectro do Autismo;
  • Transtorno fonológico;
  • Apraxia de fala na infância.

A fala pode afetar o desenvolvimento socioemocional e aprendizagem escolar, e por isso, os pais devem levar a criança ao pediatra o quanto antes, mesmo que seja para uma consulta de rotina para prevenção.

De acordo com os fonoaudiólogos, as crianças devem frequentar esta especialidade nos primeiros 5 anos de vida. O diagnóstico precoce também pode garantir o sucesso do tratamento e um melhor desenvolvimento de estímulos.

Nesta fase, a criança ainda está em pleno período de aprendizagem, então, para os médicos ficam muito mais simples detectar qualquer desordem da fala.

Recomendamos  que os pais tenham um bom diálogo com seus filhos, e observem bem a sua fala, o vínculo emocional também melhora, e a criança se sente mais confiante para poder se comunicar e influenciar de maneira positiva todos que estão em sua volta.

Quais os motivos que podem incentivar os pais a levarem os filhos no médico?

O fonoaudiólogo deve estar presente na vida da criança desde seu nascimento, até porque o bebê pode apresentar problemas para amamentar, os médicos podem indicar atuação fonoaudiológica na sucção e deglutição, afim de prevenir o desmame precoce, que podem ser prejudiciais ao desenvolvimento da criança.

Outros motivos que podem fazer com que os pais queiram levar seus filhos ao médico são:

  • Rouquidão constante;
  • Audição;
  • Distúrbios de leitura e escrita.

Temos que ficar atentos também na velhice, pois algumas doenças como o alzheimer podem trazer distúrbios de fala e audição, quem tem idoso na família deve cuidar desses fatores, tanto quanto nas crianças.

Com o acompanhamento constante, o médico pode retardar os sintomas dessas doenças, o que pode proporcionar mais qualidade de vida aos seus pacientes.

Como tratar o transtorno fonológico?

Os sintomas mais comuns são: gagueira, língua presa e troca de fonemas. A chupeta e a mamadeira podem ser os principais responsáveis, a criança pode ter problemas na musculatura da boca, inclusive na arcada dentária.

Através de análise da anamnese, avaliação e exames, será realizado a terapia fonológica, proporcionando assim melhor desenvolvimento da criança.

Conclusão 

Se deseja consultar com fonoaudiólogo, basta agendar sua consulta para saber quais sintomas seu filho pode apresentar. Ao tratar ainda na primeira infância, fica mais simples de retardar os sintomas. A qualidade de vida também pode depender do bom funcionamento da fala e da escrita.

Veja também: 

Entre em Contato

Contato

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp